“Cuidar é mais que um ato; é uma atitude. Portanto abrange mais que um momento de atenção, zelo e de desvelo. Representa uma atitude de ocupação, preocupação, de responsabilização e de envolvimento afetivo com o outro.” (Leonardo Boff)

O homem é um ser de cuidado, pode oferecer cuidado, mas também precisa ser cuidado em algum momento. A atividade de cuidar e se responsabilizar pelo outro, pode gerar uma sobrecarga emocional, gerada por crenças e pensamentos muitas vezes disfuncionais. Considerá-los e questioná-los, tornando-os mais realistas, pode ajudar na saúde emocional do cuidador.

OBJETIVOS: POPULAÇÃO A QUEM SE DESTINA: Psicólogos, médicos, enfermeiros, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, e outros profissionais que tenham experiência com o atendimento a dependentes químicos. 

PROGRAMA:

9:00 – 10:00 horas –  A arte de cuidar – Dimensões do auto-cuidado

10:00 – 11:00 horas – Saúde mental entre profissionais da saúde que cuidam de pacientes dependentes químicos

11:00 – 13:00 horas – A terapia cognitivo-comportamental na prática do tratamento da DQ  com foco no profissional

almoço

14:00 – 1500 – Transferencia e contra-transferencia em terapia cognitivo comportamental

15:00 – 17:00 – Tratando de transtornos de personalidade comórbidos a DQ.

17:00 – 18:00 – Manejo de pacientes difíceis com terapia cognitivo-comportamental.

TEMPO DE DURAÇÃO DO CURSO: 8 HORAS.

COORDENAÇÃO: Neide A Zanelatto, psicóloga clínica, especialista em Dependência Química – UNIAD/UNIFESP, Mestre em Psicologia da Saúde – UMESP.

Datas: 07 de Dezembro de 2019

Local:  São Paulo-SP (próximo ao metrô)

Investimento: R$ 300,00

Condições especiais: 

                        10% de desconto para pagamento à vista

                         25% de desconto para estudantes e ex-alunos UPPSI

                         30% de desconto para grupos com 3 ou mais alunos

                            

 

 

.

 


 

Tenho Interesse