A dependência química interfere no bem-estar do familiar, mas com frequência membros da família não sabem como lidar com este problema.

Compreender que o problema gera danos físicos e emocionais e que compromete o bem-estar da família é um dos primeiros passos para a evolução do tratamento;

Sentimentos negativos e atitudes distorcidas podem ser reflexo de uma exaustão ou incompreensão do diagnóstico ou das etapas do tratamento; No entanto, evidências reforçam que na medida que o familiar adquire mais conhecimento, expandindo recursos de enfrentamento e comunicação mais chances de contribuir para a restruturação da dinâmica familiar ele terá.

Sua presença no tratamento contribui inclusive, para a motivação do membro dependente buscar ajuda!

Objetivos principais: Auxiliar familiares a identificarem emoções e comportamentos de risco e contribuir para o aprimoramento de habilidades mais assertivas frente a complexidade do diagnóstico da dependência.

Docência: Roberta Payá – Psicóloga e Psicoterapeuta de Família e Casal pela PUC (SP). Doutora em Saúde Mental (UNIFESP – SP). Mestre em Terapia Familiar pela Kings College (Londres). Especialista em Dependência Química (UNIFESP – SP). Terapeuta Sexual (UNISAL – SP). Membro da Associação Paulista de Terapia de Família (APTF) e da Associação Brasileira de Álcool e Drogas (ABEAD).

Público-Alvo: Familiares (pais, cônjuges, filhos e relativos).

Conteúdo:

  • Desmistificando o diagnóstico.
  • Expressão dos sentimentos;
  • Recursos de comunicação;
  • Repertorio de regras e negociações entre os membros e tratamento;
  • Condutas assertivas;
  • Desmistificação crenças e mitos familiares;
  • Aprimoramento de competências sociais.

Formato: 4 encontros que podem ser realizados de modo independente.

Carga Horária: 18:00hs às 21:30hs

Valor: R$ 70,00 por encontro e por familiar

Local: São Paulo-SP (próximo ao metrô)

Inscrição: contato@uppsi.com.br / (11) 99378-6680

Certificação: UPPSI

 

Tenho Interesse